Blog

6 medos usados pelo Diabo para controlar mentes l Mais Esperto que O Diabo – Napoleon Hill

O medo é uma emoção básica do ser humano, porém você já imaginou como ela pode ser usada para alienar alguém? De acordo com o Napoleon Hill em Mais Esperto que o Diabo, existem 6 medos usados pelo Diabo para controlar mentes.

Portanto, neste post você verá como o Napoleon Hill explicou de maneira simples uma das maiores causas do fracasso humano: o medo.

Esta causa, segundo a descrição do seu personagem (o Diabo), é um dos seus mais astutos instrumentos de domínio da mente.

Mas, você sabe quais são eles? Ou você leu o livro e tem se esquecido delas? Fique até o final deste post para recordar-se ou conhecer os 6 medos usados pelo Diabo para controlar mentes.

Como o diabo utiliza o medo ao seu favor?

Como o Diabo utiliza o medo ao seu favor? l Mais Esperto que O Diabo - Napoleon Hill

Caso você não saiba, Mais Esperto que O Diabo é um livro que busca explicar as causas do sucesso e do fracasso das pessoas. Como resultado, todos os diálogos são baseados nesse tema.

Durante um desses inúmeros diálogos entre o Diabo e o entrevistador, surge o seguinte diálogo:

“P – Vá em frente e me descreva os seus truques inteligentes, Sua Majestade.
R – Um dos mais astutos instrumentos que uso para o controle da mente humana é o Medo. Planto a semente do medo nas mentes das pessoas e, conforme essas sementes germinam e crescem, através do uso contínuo dos pensamentos negativos, controlo o espaço que elas ocupam”.

Napoleon Hill – (Hill, 2014, p.38).

Logo, podemos constatar que o medo é uma forma do Diabo dominar mentes, pois tal emoção lhe da espaço para que ele atue.

Passando para a vida real, a atuação do Diabo na mente seria uma forma de explicar que toda a pessoa que está sob a influência do medo não pode pensar por si mesma, e por consequência, ela será influenciada ou dominada por alguém externo.

Uma vez que a mente do receptor esteja dominada pelo medo, dificilmente o Diabo (ou o medo, quando pensamos no mundo real) não conseguirá influenciar a mente deste indivíduo para seus propósitos.

Ou seja, para o Napoleon Hill, ele explica através do seu personagem que toda pessoa dominada pelo medo tende a ser facilmente manipulada na vida.

Isso nos dá uma pista de que o Diabo é alguém que utiliza ferramentas mentais, logo ele é basicamente um compilado de coisas “ruins” da mente.

Mas, qual a função do medo? O medo por si só não é ruim? Não necessariamente, pois ele é uma resposta do organismo a uma estimulação aversiva, física ou mental, cuja função é preparar o sujeito para uma possível luta ou fuga.

Todavia, mesmo ele sendo benéfico em muitas coisas, ele também tem o seu lado negativo, principalmente quando se trata da mente.

Um exemplo disso é a própria alienação que o individuo pode desenvolver em um determinado assunto, seja político, religioso ou filosófico.

Mas, e quanto a você? Já teve medo de questionar alguém ou algum assunto? O quanto isso influenciou o seu comportamento perante a isso?

Divida a sua experiência com a gente, deixe nos comentários logo abaixo a sua resposta sobre o quão influente foi o medo em algum momento da sua vida após ler o post.

Mas afinal, quais são os 6 medos que o Diabo usa como ferramenta de dominação? Como eles influenciam na vida real?

Os 6 tipos de medos usados pelo Diabo para controlar mentes

6 medos usados pelo Diabo para controlar mentes l Mais Esperto que o Diabo - Napoleon Hill

Ao entender que o Diabo em essência precisa de uma mente fértil para o medo, os 6 tipos de medos usados pelo Diabo para controlar mentes são:

  • Medo da pobreza
  • Medo da crítica
  • Medo da perda da saúde
  • Medo da perda do amor
  • Medo da velhice
  • Medo da morte

Sendo os dois medos favoritos do personagem o medo da pobreza e da morte:

“P – Qual desses seis medos mais o ajuda a assumir o controle, Sua Majestade?
R – O primeiro e o último – pobreza e morte. Em um momento ou outro durante a vida, amarro as pessoas através de um deles ou até de ambos”.

Napoleon Hill – (Hill, 2014, p. 39).

É interessante notar aqui que o personagem relata logo em seguida, no mesmo capítulo, que houve um momento em que a sua influência foi posta em perigo.

Isso aconteceu porque segundo ele, o homem começou a pensar, e este acontecimento fez ele perder o controle sobre as mentes.

Entretanto, nessa batalha ele ainda conseguiu manter 98% da população em seu domínio, tendo se considerado vitorioso nessa batalha.

Implicitamente, Napoleon Hill deixa claro para o seu leitor que ele considera que a maior parte das pessoas no mundo são dominadas pelo medo, e por isso são alienadas pela emoção.

Podemos concluir, portanto, que a maior arma contra o Diabo é ter o poder de pensar. Entretanto, não é qualquer pensamento, Mas sim ter os seus próprios pensamentos, ideias e opiniões.

Quando entendemos a natureza do Diabo e o seu modus operante, fica claro que o mesmo age através da alienação para dominar mentes.

Uma mente que pensa por si mesma faz parte dos 2% da população não conquistada por ele, como resultado, essa mente que pensa por si só se torna automaticamente a sua inimiga como dita por ele mesmo:

“P – O que eu posso extrair da sua resposta é que os homens que PENSAM são os seus inimigos. Isso está certo?
R – Isso não está “certo”, mas está correto”.

Napoleon Hill – (Hill, 2014, p. 39).

Os maiores inimigos do Diabo na Terra

Os maiores inimigos do Diabo na Terra l Mais Esperto que o Diabo - Napoleon Hill

Após entendermos e conhecermos os 6 medos usados pelo Diabo para controlar mentes, podemos entender melhor como se tornar o seu inimigo número 1.

De acordo com o Diabo, ele comenta que os seus piores inimigos são aqueles que além de pensarem por conta e estarem imunes as suas influências, também ajudam outras pessoas a se livrarem desses medos e conseguirem pensar por conta.

Um exemplo, citado por ele mesmo, é que ele odeia pessoas como:

  • Sócrates
  • Confúcio
  • Voltaire
  • Emerson
  • Thomas Paine
  • Abraham Lincoln
  • Rockefeller

Ou seja, todos que fazem as pessoas pensarem ou terem a possibilidade de pensar.

No caso do Rockefeller, o Diabo cita que o seu problema com o magnata do petróleo é por causa da sua fortuna.

De acordo com o Diabo, Rockefeller é responsável por usar a sua riqueza para isolar e conquistar a cura de doenças do corpo físico em várias partes do mundo.

E de fato, o Rockefeller criou uma instituição que visava curar doenças na vida real, estando em funcionamento até hoje.

Durante o desenvolvimento do capítulo, o Diabo detalha mais ainda os motivos pelos quais ele odeia o Rockefeller:

“[…] O dinheiro de Rockefeller está ajudando na descoberta de novos segredos da natureza em centenas de modos diferentes, onde todos esses meios estão sendo utilizados para ajudar homens a terem total controle sobre suas próprias mentes.

Esses meios estão encorajando novos e melhores métodos de alimentação, de vestuário e habitação. Esse dinheiro está sendo usado para acabar com favelas nas grandes cidades, lugares onde meus aliados favoritos são encontrados.

Está também financiando campanhas por governos melhores e ajudando a acabar com a desonestidade na política. Está colaborando para melhorar os padrões de negócios do mundo e encorajando homens de negócio a conduzirem suas empresas pela regra de ouro; e isso não é bom para minha causa”.

Napoleon Hill – (Hill, 2014, p. 41).

Em resumo, podemos concluir que todo e qualquer tipo de pessoa que incentive alguém a pensar por conta será o inimigo do diabo. Sócrates, por exemplo, também é um grande inimigo do Diabo.

O filósofo grego fazia as pessoas pensarem ou começarem a se questionar através da maiêutica socrática, ou em outras palavras, ele fazia sucessivas perguntas em busca da essência das coisas.

Levando em conta que o Diabo prefere que seus dominados não tenha pensamentos próprios, alguém como o Sócrates que faz as pessoas pensarem sobre os seus medos, por exemplo, não é alguém que será seu aliado.

Conclusão

Durante a leitura do post, é possível reconhecer o quão real e importante é o Diabo para podermos tirar lições do livro Mais Esperto que o Diabo.

Haja vista que o personagem é uma analogia das causas e sucessos das pessoas na vida real, portanto, entender como ele “age” contra as pessoas é de extrema importância.

Outra coisa que podemos relembrar ou aprender (dependendo se você leu o livro ou não) é que os 6 medos são totalmente comuns, e por isso estamos aptos a ser influenciados por um dos seis em algum momento da vida.

Portanto, é interessante levar em consideração a revisão deste livro ou reler este post sempre que possível para consolidar os aprendizados passados pelo livro.

Afinal, Mais Esperto que o Diabo é um livro que deve ser estudado e interpretado seriamente, para então você poder aplicar todos os ensinamentos que o Diabo foi forçado a confessar nesse livro.

Mas, e você? Qual a sua opinião sobre os 6 medos utilizados pelo diabo para controlar mentes? Deixe nos comentários a sua opinião.

E NÃO ACABA POR AQUI! Se você quiser saber mais sobre o livro ou relembrar muitos conceitos abordados na obra, irei te recomendar alguns posts logo abaixo para você ler também, incluindo a resenha do livro:

Referências

Referências

FERRARI, Juliana Spinelli. “Medo“; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/psicologia/medo.htm. Acesso em 28 de outubro de 2021.

Fogaça, André. John D. Rockefeller, o Primeiro Bilionário da História. The Cap Finanças, 16 de março de 2021. Disponível em: https://comoinvestir.thecap.com.br/john-d-rockefeller-o-primeiro-bilionario-da-historia/ Acesso em: 28/10/2021

HILL, Napoleon. Mais Esperto Que o Diabo: O mistério revelado da liberdade e do sucesso. Tradução: M. Conte. 2. ed. Porto Alegre: Citadel, 2014. 208 p. ISBN 978-85- 68014-00-4.

Our History. The Rockefeller University, 2021? Disponível em: https://www.rockefeller.edu/about/history/ Acesso em: 28/10/2021

Porfírio, Francisco. Maiêutica. Uol, 2021? Disponível em: https://mundoeducacao.uol.com.br/filosofia/maieutica.htm Acesso em 28/10/2021

0 0 votos
Avalie o artigo
Ver mais

Carlos Gomes

Estou terminando meu bacharel em administração, sou especialista em investimentos (CPA-20, Anbima) e além de tudo um leitor de livros polímata.
Se inscrever
Notificar de
guest

0 Comentários
Feedbacks embutidos
Ver todos os comentários
Back to top button
OurZ logo sem fundo SVG

Quer ser mais inteligente que a média?

Inscreva-se para receber conteúdos sobre autodesenvolvimento, livros técnicos e muito mais no seu email e Telegram!
OurZ logo sem fundo SVG

Quer ser mais inteligente que a média?

Inscreva-se para receber conteúdos sobre autodesenvolvimento, livros técnicos e muito mais no seu email e Telegram!