Blog

10 personalidades sedutoras de Robert Greene: qual é a sua?

Você já olhou para alguém, seja um artista, celebridade, político ou até mesmo uma pessoa do seu dia a dia, e quis entender o porquê dela ser tão carismática e atraente?

Todo mundo, incluindo você, tem uma personalidade sedutora inata que molda o jeito de seduzir as pessoas.

E sim, por incrível que pareça já existe algo no seu jeito de ser que facilita ou dificulta o seu sucesso em relacionar-se com as pessoas.

Porém, chances são de que você não saiba quais características intrínsecas da sua personalidade seduzem ou repelem as pessoas de perto de ti.

No livro “A Arte da Sedução”, Robert Greene classifica esse conjunto de habilidades e estratégias para seduzir alguém como as “personalidades sedutoras”.

Dessa forma, você conhecerá nesse artigo quais são as 10 personalidades sedutoras que o Robert Greene fala no livro.

Além de aprender a identificá-las e usá-las ao seu favor para seduzir as pessoas do seu círculo social.

O que você aprender nesse artigo vai mudar a sua maneira de ver as relações sociais, seja para construir um relacionamento amoroso com alguém ou obter vantagem política e social no seu ambiente.

Uma outra coisa interessante de conhecer essas 10 personalidade do Robert Greene é a capacidade de apontar qual é a personalidade de uma pessoa, e se proteger da influência dela na sua vida.

Portanto, fique até o final deste artigo para descobrir qual é a sua personalidade e como ela pode ser aprimorada na hora de persuadir alguém.

O que são as personalidades sedutoras do Robert Greene

Visando explicar conceitos complexos como comunicação persuasiva e mente humana, Robert Greene resumiu em 10 personalidades sedutoras as principais estratégias que os grandes sedutores usaram para seduzir suas vítimas ao longo da história.

Ou seja, a grande sacada que Robert Greene teve foi compilar, em 10 tipos de sedutores distintos, as principais estratégias usadas por eles na hora de seduzir as suas vítimas.

Todas as personalidades seduzem tanto para obter relacionamentos amorosos, quanto para obter vantagens sociais e políticas.

Além disso, o autor deixa claro que todo mundo pode se identificar em pelo menos uma dessas personalidades.

Isso porque todo mundo já seduz ou repele as pessoas naturalmente utilizando estratégias das quais não têm consciência.

Mas não se preocupe, após conhecer todas as 10 personalidades sedutoras do Robert Greene neste artigo, você também aprenderá a identificá-las por conta própria.

Qual a utilidade prática de saber as 10 personalidades sedutoras

É fundamental você saber quais são as 10 personalidades sedutoras e as suas estratégias, não só para entender qual é a sua, mas também para identificar nos outros qual é a personalidade sedutora deles.

Através desse conhecimento você pode melhorar a sua comunicação e estratégias sociais para conquistar as pessoas.

Além de identificar nos outros o que há de especial neles quando o assunto for “como ele(a) seduz e chama a atenção das pessoas?”.

Se você já viu alguém conquistando outras pessoas e tendo poder e influência no meio social de uma forma inexplicável, a provável resposta para esse fenômeno está na personalidade sedutora desta pessoa.

Quais são as 10 personalidades sedutoras do Robert Greene

No livro “A Arte da Sedução”, Robert Greene aponta a existência de 10 personalidades sedutoras, sendo elas:

São 9 estratégias para seduzir, e apenas uma que representa justamente o contrário, ou seja, são formas de repelir as pessoas (representado pelo antissedutor).

Algumas dessas personalidades acabam tendo pontos em comuns, porém, todas utilizam estratégias distintas no fim das contas.

A intenção desse artigo é informá-lo em detalhes de cada uma delas, portanto, a partir de agora serão explicadas cada uma dessas 10 personalidades em detalhes.

Lembrando que o livro tem mais de 800 páginas, portanto, a melhor experiência de aprendizagem possível é ler o livro na íntegra.

Sereia

A sereia é a mulher que se utiliza dos instintos primitivos do homem como a exibição de poder, o desejo inato de proteger a mulher, e a fraqueza pelo o que é visual para seduzir suas vítimas.

Na presença de uma sereia, você se sente mais forte, poderoso e compreendido por ela.

Dentro da definição da Sereia, ainda existem duas subdivisões, sendo elas a:

  • Sereia Espetacular
  • Sereia Sexual

Sereia Espetacular

A Sereia Espetacular utiliza-se de fantasias e desejos reprimidos do homem para atraí-lo.

Cleópatra, considerada uma Sereia Espetacular pelo Robert Greene, se vestia de deusas da mitologia romana para fascinar os imperadores Marco Antônio e Júlio César, por exemplo.

Os homens daquela época em Roma idealizavam figuras divinas, portanto, mulheres como Cleópatra apenas alimentavam fantasias reprimidas já existentes na mente desses homens.

Dessa forma, o adjetivo “Espetacular” vem do fato que ela era capaz de manipular as fantasias masculinas interpretando aquilo que eles mais ansiavam.

Como se ela estivesse numa peça de teatro apresentando um espetáculo para aqueles homens entediados de aventuras e riscos.

Uma outra característica da Sereia Espetacular é a capacidade de atrair homens não pela sua aparência bela, mas sim pela capacidade de criar e alimentar ilusões na cabeça dos homens.

O fato que constata isso no livro é a afirmação de que a Cleópatra não era nem sequer a mais bonita da sua cidade natal.

Porém, a mesma foi capaz de seduzir e manter a atenção dos 2 maiores imperadores de Roma para si.

Por último, mas não menos importante, a Sereia Espetacular também costuma utilizar na sua estratégia a mudança de humor e dinâmica do relacionamento.

Esse artifício entra em cena quando o homem acha que possui e domina a Sereia, tendo como resposta uma atitude arisca da parte dela.

O resultado disso é um homem cada vez mais dependente emocional da sedutora.

Sereia Sexual

Por outro lado, existe a Sereia Sexual que se utilizava de uma estratégia completamente diferente.

Aproveitando-se do seu ar inocente e desprotegido, juntamente com a sua presença sexual forte, Marilyn Monroe seduzia milhões de homens ao redor do mundo.

Ela simplesmente conseguia atiçar a libido deles ao mesmo tempo que criava um desejo inconsciente dos homens em protegê-la.

E esse poder era amplificado graças à inerente carência inconsciente de afeto de Marilyn Monroe.

Não é preciso ter traumas de infância como Marilyn Monroe teve para ser uma Sereia Sexual.

Dessa forma, basta que você estimule no homem o seu instinto protetor e pronto. A sua presença sexual na mente dele já está consolidada.

Conclusão sobre a Sereia

Uma boa sereia tem que saber mexer com as fantasias e desejos inconscientes de um homem, apelando para o seu ponto fraco: o visual.

Seja por meio das fantasias e desejos de um homem (Sereia Espetacular), ou seja por meio dos seus instintos protetores (Sereia Sexual), o visual sempre será o ponto fraco que as sereias vão atacar.

Portanto, se você for um homem e estiver desconfiado de que há uma sereia tentando te seduzir, tente notar se ela está brincando com seus sentidos visuais.

Caso você seja uma mulher e queira seduzir um homem com a estratégia da Sereia, use e abuse da fraqueza visual do homem, adaptando a sua estratégia para cada vítima que você tiver.

Libertino

Considerado um sedutor sem filtros morais, o Libertino tem como principal estratégia seduzir mulheres que não se sentem amadas e desejadas o bastante.

Dessa forma, a vítima do Libertino, em geral, busca a atenção do homem, que por sua vez, é distraído e insensível com ela.

Uma outra característica da vítima do libertino é a busca pelo misto de prazer e risco, mesmo vivendo em uma sociedade que reprime os seus desejos mais fortes e secretos.

Isso porque de acordo com o livro “A Arte da Sedução”, a maioria das mulheres sentem-se reprimidas pela sociedade quando o assunto é sexualidade graças aos papéis sociais que elas exercem.

Em outras palavras, conceitos como:

  • Casamento
  • Monogamia
  • Religião

Por exemplo, desmotivam as mulheres a buscarem o prazer unicamente motivado por ele próprio.

Se relacionar apenas pelo prazer é visto com maus olhos pelas pessoas, que por sua vez reagem reprimindo as mulheres imorais que buscam o prazer hedonista.

Entre essa tensão de saciar prazeres momentâneos e instintivos juntamente com uma forte repressão da sociedade, surge o Libertino.

As vítimas preferidas do Libertino são justamente mulheres que se sentem reprimidas pela sociedade, cujo maior desejo é realizar suas fantasias sem serem julgadas.

Ele faz com que a mulher sinta o prazer de transgredir regras sociais e obter o que ela quer, ao mesmo que a faz se sentir mais amada por ele do que pelo próprio marido, por exemplo.

Todo libertino faz o papel do “homem que vai até o fim do mundo pela mulher”, característica muito atraente para a vítima descrita no livro.

Uma outra característica importante do libertino é a sua reputação de ser cobiçado por outras mulheres.

Por fim, existem duas subdivisões na estratégia libertina semelhantes ao caso das sereias, sendo elas o:

  • Libertino Ardente
  • Libertino Demoníaco

Libertino Ardente

O “Libertino Ardente” é aquele que usa da sua incontrolável libido para camuflar a sua estratégia sedutora.

De acordo com Robert Greene (2022, p. 47), existe um dilema na sedução que presume o seguinte problema:

“Na sedução existe quase sempre um dilema: para seduzir é necessário cálculo e planejamento, mas, se a vítima desconfiar de que você tem segundas intenções, ela ficará na defensiva. Além do mais, se parecer que você é quem está no controle, vai inspirar medo, em vez de desejo”.

Robert Greene – (Greene, 2022, p. 47)

Nesse sentido, o Libertino Ardente lida muito bem com essa linha tênue entre planejar a sedução e lidar com o risco de ser pego com segundas intenções.

Tudo isso graças a sua libido que excita a vítima e esconde qualquer tipo de impressão manipulativa do sedutor.

Em outras palavras, o Libertino Ardente, por meio do seu desejo ardente, desencaminha e confunde o psicológico das mulheres.

Por fim, mesmo que o seu passado seja devasso e amoral, o seu desejo ardente pela vítima faz com que ela queira se relacionar com ele, independente do risco de ser abandonada.

Libertino Demoníaco

O “Libertino Demoníaco” de acordo com o livro “A Arte da Sedução” é o sedutor que tem as características gerais do Libertino, porém com uma ênfase maior no uso das palavras.

Ou seja, o Libertino Demoníaco é mestre quando o assunto é usar palavras que mexem com as emoções das pessoas.

Dessa forma, assim como os homens têm como fraqueza o visual, característica muito explorada pelas Sereias, o fraco das mulheres são as palavras e o modo como elas são expressadas pelo Libertino Demoníaco.

Ele é tão promíscuo com as palavras quanto é com as mulheres, tendo como objetivo final usar as suas palavras para:

  • Sugerir
  • Insinuar
  • Hipnotizar
  • Elevar
  • Contaminar

Dessa forma, ele evita a objetividade na sua comunicação para focar em persuadir a mente da vítima.

Como resultado, ele provoca um tumulto emocional na mente dela, semelhante ao que a serpente no Jardim do Éden fez para gerar tentação em Eva.

Conclusão sobre o Libertino

Seja por meio da sua libido mais aguçada ou pelo uso assertivo das palavras para gerar emoção, o libertino é um sedutor extremamente perigoso.

Tanto a vítima quanto o próprio sedutor sofrem em um relacionamento, visto que o seu principal defeito é o alto risco proporcionado pelos seus relacionamentos.

Se você é um libertino natural, chances são de que suas vítimas são pessoas extremamente arriscadas de seduzir.

Seja porque ela é casada, tem uma família restritiva ou por qualquer outra restrição social e psicológica da parte tanto dela quanto do sedutor.

Porém, esse é o tipo de pessoa que infelizmente lhe atrai e está sujeita às suas investidas.

Dessa forma, o próprio Robert Greene orienta no inverso do capítulo sobre a importância de se preparar para lidar com os problemas oriundos de um relacionamento libertino.

E de preferência, caso essa seja a sua personalidade sedutora, evite ao máximo entrar em relacionamentos vazios.

No próprio livro o autor desencoraja o leitor a entrar em relacionamentos superficiais, uma vez que o efeito colateral disso é você e a outra pessoa se enjoar um do outro.

Por fim, como o próprio Robert Greene (2022, p.302) diz sobre buscar relacionamentos quantitativos e vazios:

“Não corra para os braços ansiosos da primeira pessoa que pareça gostar de você. Isto não é sedução, mas insegurança. A necessidade que atrai você resultará num apego de baixo nível, e o interesse de ambos os lados fraquejará”.

Robert Greene – (Greene, 2022, p.302)

Amante ideal

O Amante Ideal é o sedutor que estuda as necessidades e desejos reprimidos das suas vítimas para depois seduzi-las.

A sua principal característica é personificar as características que o alvo idealiza no homem ou mulher “ideal”.

Em outras palavras, todos os sonhos frustrados da vítima como ter um romance, uma aventura ou realizar um determinado desejo viram armas na mão desse sedutor.

Portanto, todo Amante Ideal busca entender o que a vítima gosta, valoriza, ou até mesmo deseja em sigilo para usar contra ela.

Na presença dele, o seduzido tem seu ego e vaidade domados pelo sedutor.

Por fim, o Amante Ideal tem duas subdivisões quanto a sua estratégia, sendo elas:

  • O Ideal Romântico
  • O Ideal de Beleza

O Ideal Romântico

A estratégia sedutora do Amante Ideal inclinado ao Ideal Romântico é estudar a sua vítima buscando entender:

  • Seus caprichos
  • O que falta na sua vida

Em outras palavras, se uma vítima busca aventura e romance, é isso que ele vai proporcionar na sua vida.

Se a vítima busca por uma pessoa com ideais elevados que a trate como uma dama, apresente-se como essa pessoa idealizada por ela.

Em resumo, O Ideal Romântico é o sedutor que estuda quais são os vazios da vida de alguém e preenche-os como principal estratégia sedutora.

Ou, nas palavras do próprio Robert Greene (2022, p. 67) sobre como você pode seduzir igual o Amante Ideal do tipo Ideal Romântico:

“Você precisa se concentrar intensamente na outra pessoa, imaginar o que lhe falta, o que a está decepcionando. As pessoas em geral revelam isso de uma forma sutil: com gestos, tom de voz, uma expressão no olhar. Ao dar a impressão de ser o que lhes falta, você se encaixa no seu ideal.”

Robert Greene – (Greene, 2022, p. 67)

O Ideal de Beleza

Em geral, as pessoas pensam ser muito maiores e mais importantes no seu mundo interior em contraste com o que elas realmente expressam exteriormente.

Desse modo, surge uma carência de alcançar ideais não realizados, como ter seu talento reconhecido no mundo artístico, político, social ou espiritual.

Todos esses ideais tornam-se fraquezas, posteriormente sendo utilizadas na estratégia do Amante Ideal especializado no Ideal de Beleza.

Para elucidar a ideia, pense em uma habilidade, sonho ou desejo que você tenha, e imagine logo em seguida as pessoas mais importantes da sua vida apoiando-o em busca disso.

Com certeza você se sentiu bem ao imaginar as pessoas te apoiando naquilo que é importante para você, e caso atualmente essas pessoas de fato não te apoie no alcance dos seus sonhos, esse sentimento fica ainda mais forte e desejável.

Portanto, a estratégia do Ideal de Beleza é estimular na vítima o sentimento de que ela pode alcançar aquilo que ela deseja.

E claro, tudo isso só acontece porque o Amante Ideal estuda e identifica na vítima estes ideais não realizados, fazendo-a vivê-los como se já tivesse alcançado eles.

Como se ela já fosse uma grande artista ou uma pessoa super importante em um meio social.

Vale ressaltar que não é possível chegar nesse resultado bajulando a pessoa, mas sim estudando-a e vendo o que realmente importa na vida dela, assim como qual tipo de elogio ela menos recebe em relação a esse seu ideal não realizado.

Conclusão sobre o Amante Ideal

A grande vantagem do Amante Ideal é a sua preocupação em entender a vítima, os seus gostos e desejos reprimidos para usá-los contra ela.

E ao identificá-los, o sedutor realiza essas fantasias por meio da sua presença na vida da pessoa.

Dessa forma, você consegue identificar um Amante Ideal no seu círculo social entendendo como esse sedutor lida com os sonhos e opiniões das pessoas.

Caso esse sedutor saiba se adaptar às vítimas fazendo-as sentirem-se mais engajadas em seus próprios sonhos e(ou) ideias, provavelmente essa vítima está lidando com um Amante Ideal.

Por fim, um exemplo prático de Amante Ideal foi o ex-presidente dos EUA, Franklin D. Roosevelt, cujo lema da sua campanha de eleição era tirar o tédio e a estagnação da América.

Por meio de promessas de muita prosperidade no país misturada com a possível aventura e risco, Roosevelt conseguiu convencer as massas a votarem nele, de acordo com Robert Greene.

Elementos estes que faltavam na vida do Americano antes da eleição do ex-presidente.

“Os políticos podem ganhar poder sedutor cavando o passado de um país, trazendo à tona imagens e ideais que foram abandonados ou reprimidos. Eles só precisam do símbolo: não tem realmente que se preocupar em recriar a realidade por trás de si”.

Robert Greene – (Greene, 2022, p. 77-78)

Dândi

Um dos maiores problemas da sedução é a resistência que as pessoas têm em relação a você.

Principalmente quando se trata das diferenças entre o homem e a mulher.

Desse modo, o Dândi é o tipo de sedutor que consegue quebrar resistências em relação ao gênero sexual espelhando a psicologia do sexo oposto.

Em outras palavras, seria o equivalente a dizer que o Dândi é um homem mais afeminado, ou uma mulher mais masculinizada.

Porém, ele(a) não pode ser considerado(a) homossexual, pois homossexualismo é a inversão da orientação sexual predominante, e não sobre a mistura dos elementos físicos e psicológicos dos papéis de gênero.

Inclusive, o livro cita que Dândis heterossexuais são comuns e totalmente normais de surgirem, portanto, não foque na orientação sexual do sedutor para defini-lo como Dândi.

Dessa forma, para identificar um Dândi você precisa entender como o sedutor se comporta perante aos papéis de gênero.

Homossexuais, portanto, não são automaticamente Dândis por definição.

Por último, mas não menos importante, Dândis tem como vantagem a capacidade de diluir a clássica tensão entre homens e mulheres, pois ele espelha a psicologia do alvo em um nível narcisista.

Para elucidar a ideia e não sobrar dúvidas, pense naquele seu amigo que age de forma mais afeminada, e mesmo assim acaba se relacionando com mulheres igual um heterossexual.

Ele não é homossexual, mas ainda sim ele tem características femininas, o que torna ele uma pessoa ambígua e impossível de rotula-la quanto ao seu papel de gênero dominante.

O mesmo serve para a mulher que se relaciona com homens do sexo oposto apesar da seu presença mais masculina.

Dada essa introdução, podemos afirmar que a estratégia do Dândi pode ter duas variações:

  • Dândi Masculino
  • Dândi Feminino

Dândi Masculino

Conforme explicado anteriormente, o Dândi Masculino é aquele que utiliza características femininas para atrair o sexo oposto.

Como, por exemplo, a preocupação com a aparência e o comportamento mais emotivo, semelhante ao encontrado nas mulheres.

O efeito sedutor que o Dândi tem, portanto, é a capacidade de espelhar os comportamentos comuns das mulheres em nível inconsciente.

Visto que todos nós somos narcisistas por natureza, encontrar alguém que é simultaneamente diferente e igual a nós acaba gerando atração instantânea.

Dândi Feminino

O Dândi Feminino por sua vez é aquela mulher que espelha os comportamentos e atitudes do homem.

Na prática, o Dândi Feminino acaba usando as desculpas e atitudes masculinas mais comuns.

Por exemplo, a falta de tempo devido ao trabalho, a sua independência, e a capacidade analítica comumente encontrada nos homens.

Tudo isso somado à capacidade de realizar desejos reprimidos faz com que o homem fique extremamente atraído pela Dândi.

Conclusão sobre o Dândi

Se você entendeu que o Dândi, em resumo, é a pessoa que espelha os comportamentos do sexo oposto de forma sutil para seduzir, você entendeu corretamente a estratégia da personalidade.

E nunca se esqueça desse detalhe importante: o Dândi espelha de forma SUTIL.

Ou seja, não force uma feminilidade ou masculinidade na sua personalidade se você não consegue torná-la natural.

Se a sua intenção for óbvia, você não terá uma presença ambígua. Em outras palavras, as pessoas vão te rotular ao invés de ficarem confusas e atraídas por ti.

Natural

Todo mundo sente falta da infância, mesmo que essa fase tenha sido de muita submissão aos adultos e impotência para lidar sozinho com os problemas da vida.

Por algum motivo as pessoas esquecem das partes ruins da infância e lembram apenas das memórias boas dessa fase da vida.

E aproveitando-se dessa nostalgia da infância, o Natural molda as suas estratégias de sedução para atacar pessoas com esse tipo de fraqueza.

O objetivo é simples: fazer a vítima reviver os tempos perdidos da infância por meio da sua presença mais infantil.

Porém, vale ressaltar que essa presença “infantil” não significa que o sedutor irá forçar parecer ser uma criança, pois ele seria ridicularizado por isso.

Na verdade, de acordo com o Robert Greene, sedutores naturais são pessoas que evitaram que a experiência da vida adulta lhes tirassem certos traços infantis.

Ou seja, o que ele realmente faz é manter algumas características comuns de uma criança e adaptá-las ao seu modo de ser, como a:

  • Espontaneidade
  • Sinceridade
  • Despretensão

Por fim, uma outra característica do Natural é a capacidade de transformar a sua fraqueza numa virtude.

Esse sedutor desperta facilmente na vítima o sentimento de solidariedade com o seu sofrimento, fazendo-a querer protegê-lo e ajudá-lo.

Além disso, ainda existem 4 subdivisões de naturais com estratégias distintas de sedução.

O Inocente

A principal característica do Natural Inocente é parecer fraco juntamente com a impressão de parecer não compreender o mundo.

Ou seja, eles exageram as suas fraquezas tendo como objetivo inspirar a solidariedade adequada nas outras pessoas.

Esse tipo de sedutor age como se ainda visse o mundo através de olhos inocentes, o que num adulto é engraçado de se ver.

Porém, apesar dessa estratégia ser aplicada de forma consciente, ela tem que ser usada sutilmente, pois ser pego fingindo inocência pode sujar a sua imagem, parecendo alguém patético.

Portanto, passe a ideia de forma indireta, por meio de expressões e olhares, ou em alguma situação específica.

O Endiabrado

As crianças possuem uma coragem que os adultos não tem mais, graças uma simples característica: a não metrificação das consequência de seus atos.

Dessa forma, Naturais Endiabrados são pessoas ousadas, alegres e descuidadas. O seu humor leve contagia quem está ao seu redor.

Como resultado, as vítimas desse sedutor são atraídas pela inveja. No íntimo, elas anseiam por fazer “travessuras” iguais a ele.

Para atuar como um Endiabrado, basta que você seja uma pessoa leve e despreocupada com as coisas, não há nada que você leve realmente a sério.

O Prodígio

Em suma, o Natural Prodígio é uma pessoa com um talento especial inexplicável.

Esse talento pode ser um dom para a:

  • Música
  • Matemática
  • Xadrez
  • Esporte

E dentre outras habilidades e talentos. Para elucidar melhor a ideia, assista o vídeo abaixo de uma criança que sabe tocar piano de forma virtuosa, apesar da sua idade:

Se você assistiu esse vídeo, e ficou um tanto assustado e incrédulo com a habilidade dessa criança, esse é o sentimento que um Natural Prodígio passa na sua vítima.

O talento da criança do vídeo parece fascinante justamente pela sua idade.

Dessa forma, o Natural Prodígio que quer passar essa sensação precisa ter apenas uma habilidade que pareça fácil e natural, além de saber improvisá-la quando necessário.

Caso a sua habilidade em questão de fato precise de prática e exige um nível de esforço, esconda isso das pessoas, passando a ideia de ser algo fácil o que você faz.

Como resultado, quanto mais você esconder a dificuldade que existe em desenvolver a sua habilidade, mais natural e sedutor você irá parecer.

O Amante Desprotegido

Em geral, as pessoas preferem se proteger de experiências dolorosas, fechando-se em si mesmas.

Como resultado, elas ficam cada vez mais rígidas, seja física ou mentalmente.

As crianças, por outro lado, são por natureza desprotegidas e abertas a novas experiências.

Estas características são extremamente atraentes, pois as pessoas perdem a sua rigidez, graças ao contágio que essa fraqueza do Amante Desprotegido.

Em outras palavras, um Amante Desprotegido contorna o processo de autodefesa das pessoas por meio do seu espírito alegre e receptivo, semelhante ao da criança.

Portanto, o Amante Desprotegido reduz as inibições do seu alvo, justamente a parte mais crítica de uma sedução.

Conforme diz o próprio Robert Greene (2022, p. 111) sobre a importância de reduzir as inibições do seu alvo:

“Dobre-se em vez de resistir, esteja aberto à influência dos outros, e eles cairão no seu feitiço mais facilmente”

Robert Greene – (Greene, 2022, p. 111)

Conclusão sobre o Natural

Em resumo, o Natural é o sedutor que utiliza as características de uma criança para seduzir os adultos que sentem falta dos tempos dourados da infância.

Porém, nunca se esqueça que essa qualidade tem que ser exposta de maneira sutil.

Isso porque ao menor sinal de que você está manipulando os outros ao parecer ser uma criança, você será rotulado como alguém patético.

Como o próprio Robert Greene recomenda, combine a experiência e a sabedoria adulta com uma atitude infantil. Isso é o que de fato fascina as pessoas.

Além disso, o melhor contexto possível para aplicar essa estratégia é nas situações em que um toque inocente ou de diabrura te ajudará a baixar as defesas de um alvo.

Por fim, a pose de Natural quando bem explicada mitiga o risco de você parecer mais esperto do que a outra pessoa.

Isso porque de acordo com o Robert Greene (2022, p. 127) sobre a esperteza na sedução:

“Nada é mais arriscado do que parecer mais esperto que o outro”

Robert Greene – (Greene, 2022, p. 127)

Coquete

Aquele que consegue prometer prazer e retardar a satisfação tem qualquer pessoa na sua mão.

Seja por meio de uma promessa de recompensa como prazer físico, felicidade, fama por associação ou poder, tudo isso pode ser ilusório, mas ainda sim faz as pessoas o procurarem ainda mais.

Somando essa habilidade com uma personalidade autossuficiente e misteriosa, o Coquete é capaz de enlouquecer a sua vítima durante o processo sedutor.

Eles são como gatos e crianças: parecem não ligar para a gente, tão pouco se esforçam para agradar, o que é altamente intrigante e sedutor.

Além disso, Coquetes são mestres na arte de se retrair socialmente no momento certo.

Em outras palavras, eles sabem quando agradar, e quando ser distantes e frios com uma pessoa.

Dessa forma, o Coquete tem duas principais subdivisões de estratégia.

Coquete Fria e Quente

Basicamente a estratégia do Coquete Fria e Quente é despertar o desejo no alvo, e depois retrair-se.

Em outras palavras, é fazer com que o seu alvo queira se relacionar contigo, ter o desejo de possuí-lo, e no momento exato se afastar dele.

Para elucidar melhor essa ideia, Robert Greene cita o exemplo de Josefina, o grande amor de Napoleão Bonaparte.

Primeiro, Josefina conquistou Napoleão, segundo Robert Greene, adaptando-se aos seus humores, com a sua graça feminina e excitando-o com sua aparência e modos.

Uma vez criado esse desejo no líder francês, o trabalho de Josefina foi adiar a sua satisfação recuando-se dele, ou seja, frustrando-o.

Isso porque conforme explica o próprio Robert Greene (2022, p. 134) sobre a importância de adiar a satisfação:

“A conquista fácil vale menos do que a difícil; só nos excita realmente o que nos é negado, o que não podemos possuir por completo”.

Robert Greene – (Greene, 2022, p. 134)

Portanto, a estratégia do Coquete Fria e Quente é gerar desejo, e em seguida trazer inseguranças no alvo.

Pensamentos do tipo “por que ele(a) se afastou de mim?” ou “e se ele(a) deixar de gostar de mim?”.

E por último, após gerar desejo mais insegurança de você e de si mesmos, o sedutor reacende as esperanças da vítima fazendo-as se sentirem desejadas de novo.

Coquete Fria

Diferente da estratégia Coquete anterior que alternava entre desejo e afastamento, o Coquete Fria apenas se retrai, sem se preocupar em reacender a chama do desejo na vítima.

A pessoa que tem essa personalidade costuma agir de forma arisca, fazendo os outros correrem atrás dele.

A estratégia funciona porque a sua autossuficiência perante as pessoas faz com que as vítimas clamem pela sua atenção.

O alvo faz de tudo para obter no mínimo o reconhecimento e a preferência dele.

Seres humanos odeiam o vácuo, portanto, o distanciamento do Coquete Fria faz com que as vítimas tentem a todo custo preencher esse vazio por conta própria.

Deixando-os, dessa forma, brigar sozinho pela sua atenção, reconhecimento e proximidade.

Esse exemplo não é citado no livro, mas uma personalidade popular que pode ser considerada um Coquete Fria é o Thomas Shelby da série Peaky Blinders.

O personagem age de forma semelhante a descrição dada por esta estratégia coquete.

Conclusão sobre o Coquete

Por meio da sua personalidade misteriosa, distante e extremamente autossuficiente, o Coquete é um dos sedutores mais ardilosos que existem.

Diferente das outras personalidades sedutoras que ativamente buscam características na vítima para seduzir, o Coquete apenas retarda a satisfação do desejo criado inicialmente na vítima.

Dessa forma, se você se identifica como um Coquete, use suas habilidades com responsabilidades, pois de fato elas são poderosíssimas.

E caso você seja a vítima de um Coquete, principalmente o Coquete Fria, tente entender qual o vazio que ele preenche e busque o autoconhecimento para preenchê-lo por conta própria.

Por fim, o maior risco que um Coquete tem que mitigar na sua estratégia é o ódio que as pessoas podem desenvolver por ele.

Isso porque ele mexe com muitas emoções voláteis ao mesmo tempo, portanto, seus retraimentos não devem ser longos, e todo acesso de raiva deve ser seguido de sorriso.

E claro, a dinâmica da coqueteria no longo prazo tem o risco de ficar cansativa para a vítima, então use-a com cuidado e nos momentos certos.

Encantador

Todo Encantador tem como estratégia primária o desvio da atenção para si mesmos para focalizar no seu alvo.

Dessa forma, eles conseguem compreender o espírito, as dores, e também adaptar-se aos humores da vítima.

Ou seja, na prática eles não julgam, debatem, queixam-se ou implicam com as pessoas durante uma conversa.

O Encantador está a todo momento afagando o ego e a vaidade dos outros de forma sutil e agradável.

Na presença do Encantador, você se sente inconscientemente bem e importante.

E o motivo é simples: todo Encantador faz sua vítima ser protagonista de uma conversa, e ele fica sempre em segundo plano, dando a atenção que a vítima anseia.

O Encantador também sabe deixar suas intenções em segundo plano, e essa é a sua maior habilidade, pois ele consegue o que quer indiretamente.

Além do mais, ele sabe se adaptar aos humores da vítima. Se ela está com raiva, ele consegue se adaptar, se ela está feliz, ele também adapta suas estratégias para esse humor.

Uma outra característica poderosa do Encantador é seduzir suas vítimas subtraindo a ideia sexualidade da equação.

Ele não necessariamente a reprime, mas foca em outros elementos tão fascinantes e viciantes quanto, como por exemplo:

  • A atenção focalizada
  • O reforço da autoestima
  • A corte agradável
  • A compreensão (real ou ilusória)

5 principais características do Encantador

1) Ser uma fonte de prazer

Todo encantador sabe que ninguém quer saber dos problemas alheios, apenas dos próprios.

Dessa forma, o encantador é mestre em ouvir mais as queixas do seu alvo, distraindo-os logo em seguida dos seus problemas, proporcionando prazer ao alvo.

2) Transformar antagonismo em harmonia

Encantadores sabem acalmar conflitos, e caso se depare com pessoas agressivas, eles recuam.

A estratégia é dar a estas pessoas mais agressivas pequenas vitórias, cessando brigas sem esforço.

Uma outra característica desse sedutor é a capacidade de evitar críticas abertas a outras pessoas.

Ao invés de criticar para mudar a ideia de alguém, o Encantador sabe plantar ideias e insinua sugestões.

Como resultado, o Encantador tem o que ele quer das pessoas, sem que elas desconfiem das suas intenções.

3) Levar suas vítimas à tranquilidade e ao conforto

As pessoas são narcisistas – sentem-se atraídas por quem mais se parece com elas.

E o Encantador sabe desse fato, por isso, ele sempre dá a impressão de compartilhar seus valores e gostos, de compreender seu espírito, fascinando quem está ao seu lado.

Esse efeito fica ainda mais amplificado se o Encantador parecer ser alguém de fora, que não tem compromisso algum em compartilhar os valores da vítima, por exemplo.

4) Demonstrar calma e autocontrole diante da adversidade

Nas situações adversas, esse sedutor dificilmente demonstra raiva, mau humor ou sentimento de vingança.

Tão pouco ficam choramingando, queixando-se ou justificando-se.

Eles usam esses momentos de dificuldade para mostrar o seu equilíbrio emocional e encantar ainda mais as pessoas ao seu redor.

5) Ser útil

Por fim, o Encantador tem a incrível habilidade de melhorar a vida dos outros.

Devido a sua grande rede de contatos, ele costuma associar as pessoas umas às outras.

Como resultado, as vítimas percebem que na presença do Encantador a vida delas ficou mais fácil, e ninguém resiste a essa sensação positiva.

Se o Encantador promete algo – um emprego melhor, um novo contato, um enorme favor -, ele de fato o cumpre.

Conforme diz o próprio Robert Greene (2022, p. 158) sobre a importância de cumprir o que se promete:

“Num mundo de blefes e cortinas de fumaça, uma ação real e uma solicitude sincera talvez sejam o maior de todos os encantos”

Robert Greene – (Greene, 2022, p.158)

Conclusão sobre o Encantador

Em resumo, um bom encantador sabe ouvir as pessoas, distanciando elas de seus problemas ao mesmo tempo que dá prazer.

Ele não julga, queixa-se, critica ou reclama das coisas. Sua leveza e equilíbrio emocional é o seu ponto forte nas interações sociais.

Essas são as principais características que identificam um Encantador sem muito esforço, afinal ele realmente sente prazer em ouvir as pessoas e ajudá-las.

O único risco que essa estratégia tem é a de encontrar vítimas cínicas e confiantes, pois elas não precisam de confirmação.

Elas tendem a ver Encantadores como pessoas traiçoeiras e mentirosas. Não há muito o que fazer com essas pessoas, se não apenas manter a sua postura pacífica e ignorá-las.

Fora que o risco do Encanto no ambiente político também é real, afinal, pessoas que seguem à risca uma causa política dificilmente vão ser suscetíveis a abordagem conciliatória, inconstante e flexível do Encantador na política.

Por fim, uma outra técnica pouco intuitiva para lidar com os riscos de ser um Encantador é apresentar falhas estratégicas, como confessar não gostar de uma pessoa (um inimigo).

Como resultado, as pessoas vão diminuir a desconfiança delas perante um Encantador, caso ele utilize essa estratégia às vezes.

Carismático

Carisma é um tema muito vago e abrangente, porém Robert Greene conseguiu defini-lo e torná-lo mais palpável de se entender.

Antes de tudo, Robert Greene no livro “A Arte da Sedução” define o carisma como a presença que nos excita.

A sua origem vem de uma qualidade interior, seja ela a(o):

  • Autoconfiança
  • Energia sexual
  • Sentido de propósito
  • Contentamento

Características que por sinal faltam na vida das pessoas, fazendo-as se identificar e seguir pessoas carismáticas que irradiem essas qualidades.

Dependendo da intensidade na qual eles apresentam essas qualidades interiores, somadas a um olhar penetrante, uma oratória inflamada, e um ar de mistério, pode ser tão irradiante nas vítimas a ponto de fazê-las confundir o carismático com deuses, santos ou até mesmo astros.

O alvo, no fim das contas, segue feliz o tipo de pessoa carismática, pois no geral as pessoas gostam de ser lideradas por uma pessoa que promete aventura e prosperidade.

Robert Greene explica, por exemplo, que a maioria das religiões foram fundadas por pessoas carismáticas que conseguiam exibir fisicamente os sinais da estima de Deus.

Ou seja, o carismático consegue tocar as emoções mais profundas das pessoas através da sua própria energia interna que é externalizada em forma de autoconfiança, energia sexual, sentido de propósito ou contentamento.

O mistério quanto a origem do carisma do carismático, com certeza, é um fator que ajuda e muito na sua persuasão.

10 características que todo carismático tem

Por fim, existem 10 características que todo carismático tem de acordo com Robert Greene no livro “A Arte da Sedução”.

1) Propósito

Se as pessoas acreditam que uma outra pessoa em específico tem um plano, que sabe o que está fazendo, elas o seguirão instintivamente.

Se você quiser identificar um carismático, veja se ele tem:

  • Uma causa
  • Um ideal
  • Uma visão

Além de estar focado o tempo todo em não se desviar da sua meta.

Por fim, a autoconfiança oriunda do propósito o torna o centro das atenções, ganhando a confiança de terceiros apenas pela força do caráter.

2) Mistério

O mistério expresso pela contradição é poderosíssimo no carisma do carismático.

O Carismático pode ser ao mesmo tempo proletário e aristocrático (Mao Tsé-tung), cruel e bondoso (Pedro, o Grande), excitável e friamente desapegado (Charles de Gaulle), íntimo e distante (Sigmund Freud).

Visto que as pessoas em geral são previsíveis, o efeito dessas contradições é extremamente carismático.

Por fim, o distanciamento das pessoas mais o toque sobrenatural (como se tivesse dons proféticos ou mediúnicos) contribuem ainda mais para a sua aura de mistério.

3) Santidade

Pessoas comuns fazem concessões para sobreviver, os santos não. Eles realizam seus ideais sem se importar com as consequências.

A chave para passar uma aura de santo é ter valores pessoais bem guardados, valores que são impossíveis de se fingir.

Por fim, basta que o carismático mostre de modo sutil e simples que realmente vive de acordo com esses valores.

Some isso a uma aparência dócil e despretensiosa, e o carismático transformará o seu carisma, desde que ele se sinta à vontade com ela.

4) Eloquência

Todo carismático fala bem, e confia nas suas palavras. Por meio delas, o carismático cria perturbação emocional.

Ele usa a eloquência para estimular, elevar, despertar raiva, sem se referir a algo real.

5) Teatralidade

Todo Carismático é irreal, parecendo ter um tipo de presença a mais onde ele está.

O jeito como ele apresenta a sua linguagem corporal é diferente dos demais, muito provavelmente essa habilidade, que é estudada por atores de palco, vem da sua autoconfiança natural.

6) Desibinição

Pessoas reprimidas que têm pouco acesso ao seu inconsciente projetam suas fantasias e desejos secretos no Carismático.

E para conseguir esse efeito, todo carismático apresenta-se como alguém menos inibido que a sua plateia.

Ele faz isso mostrando não temer a morte, e sendo extremamente espontâneo.

7) Ardor

Todo carismático acredita em si, e nas suas ideias, de forma tão intensa que fica impossível não animar as pessoas ao seu redor.

Essa qualidade não tem como fingir, de fato o carismático retira a sua energia por meio da sua crença inabalável.

Isso presume, por exemplo, que até mesmo os políticos carismáticos, que claramente estão mentindo, de fato acreditam na sua própria mentira como sendo a verdade absoluta.

Essa fonte de energia infinita vem sempre de uma grande causa, neste caso, a fé ardorosa do Carismático.

8) Vulnerabilidade

Carismáticos demonstram a sua necessidade por amor e afeto, eles não escondem isso.

Graças a essa fraqueza, o Carismático abre-se para a sua plateia e se alimenta dela.

E a plateia, por sua vez, fica eletrizada com o Carismático. É tipo uma corrente elétrica que vai e vem.

Por fim, a vulnerabilidade não pode ser vista pelos outros como manipulativa ou carência.

O Carismático vê o seu público como uma única pessoa a ser seduzida, tornando a mensagem pessoal e personalidade para cada pessoa em particular se identificar com suas vulnerabilidades.

9) Ousadia

Carismáticos são poucos convencionais. Eles tem um ar de aventura e risco que atrai os entediados.

Dessa forma, a nona característica desse sedutor é a capacidade de ser corajoso e ousado nas suas ações.

Quando os outros o veem tomando riscos, elas ficam ainda mais encantadas por ele.

De acordo com o próprio Robert Greene (2022, p. 185) sobre o Carismático:

“Demonstre heroísmo e terá carisma pelo resto da vida. Inversamente, o mais leve sinal de covardia ou timidez arruinará qualquer carisma que você tiver”.

Robert Greene – (Greene, 2022, p. 185)
10) Magnetismo

Por fim, a décima característica do carismático é o seu magnetismo natural.

Tudo graças ao seu olhar cativante que gera nas outras pessoas excitamento, tensão, desapego, mesmo sem precisar dizer uma só palavra.

Ele tem o olhar que penetra e perturba as emoções do alvo, exercendo a sua força persuasiva sem falar ou fazer nada.

Por fim, vale ressaltar que o olhar do Carismático jamais revela medo ou nervosismo.

Conclusão sobre o Carismático

Graças a sua forte energia interna, além das 10 principais características únicas da sua personalidade, o Carismático é uma das únicas personalidades que podem seduzir em massa com eficácia.

Não é difícil encontrá-los por aí, uma vez que esse tipo de sedutor dificilmente fica fora dos holofotes.

Por fim, Robert Greene enumera alguns problemas comuns que todo Carismático pode vir a enfrentar.

O primeiro problema é a possibilidade da admiração que as pessoas têm por ele gere também ressentimento, de modo a fazer com que as pessoas tentem contra a vida do sedutor, por exemplo.

O segundo problema é a “fadiga erótica”, na qual o sedutor até gera o sentimento de amor no seu público, mas eventualmente, quando as pessoas se sentem seguras na sua presença, elas acabam se familiarizando com ele, e o carisma perde a sua potência inicial.

Para evitar esse problema, é necessário ter uma pitada de risco e perigo durante a estratégia de sedução, do contrário, na primeira fraqueza as pessoas irão se virar contra o Carismático. Resultado: o público terá ódio do sedutor.

E o terceiro, e último problema, é a impopularidade que uma pessoa pode ter ao suceder um carismático em um ambiente de poder.

Em uma sucessão de cargo na qual um carismático sai de cena, o público pode culpar o sucesso por qualquer fracasso que houver na sua gestão, além de gerarem protestos devido a falta do antigo líder carismático.

Dessa forma, o Robert Greene recomenda que o sucessor de um líder Carismático deve evitar tomar os mesmos passos do antigo líder, tomando uma nova direção e mitigando esse risco de ser comparado ao seu antecessor.

Estrela

O dia a dia das pessoas é duro e tedioso, o que faz elas procurarem por maneiras de escapar desta rotina com sonhos e fantasias.

Dessa forma, a Estrela é a personalidade sedutora que se torna um objeto de fascínio por meio da sua presença cintilante, mas difícil de alcançar, igual a uma estrela no céu.

Em outras palavras, a Estrela passa uma aparência misteriosa e ambígua no seu jeito de ser e agir, fazendo as pessoas terem curiosidade de entendê-la.

Sua aparência, gestos e tudo o mais que não é transmitido por palavras é o que chama a atenção nesse sedutor.

De acordo com o Robert Greene, isso pode ser desde uma maneira de segurar um cigarro, até um certo modo de caminhar.

Além disso, uma outra característica da Estrela é fazer os alvos quererem imitá-lo de algum modo.

Seja por meio de um tipo de penteado, risada ou até mesmo um tipo de voz pode ser motivo de identificação com uma Estrela.

Portanto, o efeito que esse sedutor tem age muito mais no subconsciente do que na consciente dos alvos.

E mesmo sendo uma pessoa que todos querem imitar, a Estrela costuma ser etérea (distante) das pessoas.

Ninguém consegue entendê-la completamente, o que gera curiosidade nos alvos atraídos por esta personalidade.

Existem duas subdivisões na estratégia da Estrela, sendo elas:

  • Estrela Fetichista
  • Estrela Mítica

Estrela Fetichista

Antes de explicar o que é a Estrela Fetichista, precisamos definir o que seria o fetiche propriamente dito.

De acordo com o Robert Greene (2022, p.224-225), o significado de fetiche é:

“Fetiche é um objeto que comanda uma reação emocional e que nos faz lhe dar um sopro de vida. Como é um objeto, podemos imaginar o que quisermos a seu respeito”

Robert Greene – (Greene, 2022, p. 224-225)

Ou seja, é tudo aquilo que a princípio é inanimado, porém o ser humano agrega um valor emocional e idealizado ao objeto.

Dessa forma, a Estrela Fetichista se transforma em objeto de fetiche justamente para que o alvo possa idealizar nela o que ele quiser.

E de acordo com o próprio Robert Greene (2022, p. 225) sobre a habilidade da Estrela Fetichista em se tornar um objeto em contraste com as pessoas que não conseguem, ele explica que:

“As pessoas em geral são de humor muito inconstante, gente complicada e que reage facilmente, para que possamos transformá-las em objeto de fetiche. O poder da Estrela Fetichista vem da habilidade de se transformar em objeto”

Robert Greene – (Greene, 2022, p. 225)

Portanto, esse tipo de sedutor é semelhante a uma estátua de um deus grego.

Sendo a sua principal exigência o distanciamento para gerar a aparência etérea e sonhadora na mente dos alvos.

Estrela Mítica

Esse tipo de personalidade transforma-se em um mito para seduzir as pessoas.

Na prática, a primeira coisa a ser desenvolvida é a presença física, que pode ser trabalhada tendo um estilo distinto, uma atitude fria e visualmente atraente.

Depois, esse sedutor assume uma posição de figura mítica. A Estrela Mítica pode ser:

  • O Rebelde
  • O Sábio Patriarca
  • O Aventureiro

A personalidade jamais torna óbvia à mente consciente das vítimas essas conexões entre ela e o mito.

Tudo fica sutil e nada óbvio, como se a pessoa fosse um mito naturalmente, sem qualquer planejamento prévio.

A Estrela Mítica convida o alvo a fazer interpretações além da sua aparência superficial, tornando tudo vago e fantasioso na mente da vítima.

Como o próprio Robert Greene (2022, p. 232) diz sobre o poder que uma Estrela Mítica tem sobre as vítimas:

“As pessoas são extremamente suscetíveis ao mito; portanto, transforme-se no herói de um grande drama. E mantenha-se distante – deixe que as pessoas identifiquem você sem que possam tocá-lo. Elas só podem observar e sonhar”.

Robert Greene – (Greene, 2022, p. 232)

Conclusão sobre a Estrela

Em resumo, uma Estrela foca em fazer as pessoas fantasiarem em cima da sua aparência.

Seja por meio dos seus gestos, rosto, atitudes ou linguagem corporal, as suas vítimas curiosas para tentar entendê-la dão o significado que querem para esse sedutor.

Ele é literalmente como uma estátua: um objeto inanimado que recebe inúmeros significados a depender de quem está observando-a.

Por fim, esse tipo de sedutor é extremamente distante e inacessível a suas vítimas.

Pense em uma estrela de cinema, você não tem acesso a ela, mas por algum motivo se sente atraído, mesmo que só a tenha visto por uma tela.

Vocês compartilham ideias, há um certo nível de empatia da sua parte por ela, você emociona-se na presença da Estrela, mas você não a conhece pessoalmente, tão pouco tem acesso a ela.

Antissedutor

Todo mundo pode ter as características que repelem as pessoas da sua vida, de acordo com Robert Greene.

A questão é você reconhecê-las e evitá-las no seu comportamento diário com as pessoas.

Do lado do seduzido, ser cortejado por um Antissedutor é um problema também, pois você dificilmente identifica essa personalidade antes de se relacionar com ela e ser tarde demais para se desvincular.

Dessa forma, o livro “A Arte da Sedução” agrupa essas características que repelem as pessoas como a personalidade do “Antissedutor”

Robert Greene (2022, p. 242) define o Antissedutor pela seguinte analogia:

“Os sedutores o atraem pela atenção focada, individualizada, que dão a você. Os antissedutores são o oposto: inseguros, absortos em seus próprios problemas e incapazes de compreender a psicologia do outro”.

Robert Greene – (Greene, 2022, p. 242)

Além disso, é impossível seduzir um Antissedutor, uma vez que eles são inseguros a tal ponto que não podem ser atraídos para o processo sedutor. Eles são totalmente fechados.

Todo antissedutor tem em comum uma dessas três características:

  • Ser egoísta
  • Estar desatento aos detalhes
  • Ser inseguro

8 tipologias de antissedutoras

E dentre esses três pilares que caracterizam um antissedutor, Robert Greene apresenta 8 tipologias de antissedutores.

1) Bruto

Uma boa sedução leva tempo, mas Antissedutor Bruto não tem paciência para construir uma sedução de longo prazo.

Eles estão preocupados apenas com o próprio prazer, e não com o dos outros.

Uma outra característica além da impaciência é o sentimento de inferioridade que eles têm.

Isso significa que quando você os rejeita ou os faz esperar, eles reagem com violência contra ti.

Para identificar se você está lidando com um Bruto, Robert Greene aconselha você a deixá-lo esperando (pelo seu afeto ou pela obtenção do prazer), e a máscara desse Antissedutor vai cair.

2) Sufocante

Este tipo se apaixona por ti antes de você saber da existência dele, mas não se engane!

Apesar dele passar a impressão de que você é irresistível, a verdade é que ele tem um vazio interior gigante dentro de si.

O Antissedutor Sufocante é um poço profundo de necessidades que não pode ser enchido.

Um outro ponto negativo de se relacionar com um Sufocante é a dificuldade em se livrar dele sem sofrer traumas.

Ele gruda em ti até você se ver na necessidade de empurrá-lo, momento no qual eles aproveitam para te cobrir de culpas no relacionamento.

Dessa forma, cuidado com quem parece gostar muito de você a ponto de ser dependente de ti.

Para o seu ego como seduzido pode ser bom, mas logo você percebe que essas emoções não estão relacionadas com o que você tenha feito.

Robert Greene ainda cita uma variante do Sufocante, no caso o “Capacho”.

Esse em específico você pode identificar vendo se ele é serviente a você, e para confirmar se de fato ele é um Capacho, veja se ele é capaz de ter ideias próprias.

A incapacidade em discordar de você é um péssimo sinal. Caso encontre um Capacho, desvincule-se dele imediatamente.

3) Moralizador

Como o próprio nome sugere, o Antissedutor Moralizador são pessoas que seguem ideias pré-fixadas e tentam fazer você se curvar a esses padrões.

Elas querem te mudar, fazer você alguém melhor, te criticam e julgam o tempo todo (esse é o seu prazer na vida).

Moralizadores são pessoas infelizes que mascaram esse fato tentando dominar tudo ao seu redor.

É difícil falar com um Moralizador e não levar suas críticas para o lado pessoal.

Desse modo, sempre que você identificar alguém assim na sua vida, evite-a ao máximo.

Por fim, como complementa o próprio Robert Greene (2022, p. 247) sobre a importante de ser amoral na sedução:

“Sedução é um jogo, e deve ser jogado com o coração leve. Vale tudo no amor e na sedução; a moral não entra em cena”

Robert Greene – (Greene, 2022, p. 247)
4) Unha de fome

O Antissedutor Unha de Fome é o tipo de pessoa sovina, que só guarda dinheiro como o maior prazer de sua vida.

Ele é considerado como um tipo de pessoa que repele porque a sua avareza representa algo ainda mais profundo na sua personalidade: a incapacidade de se soltar e assumir riscos.

Além da incapacidade de ser desprendido do dinheiro, ele também não consegue ser generoso com terceiros, tanto moral quanto financeiramente.

Em resumo, analise na pessoa que te conquistou se ela tem esses traços e evite-a ao máximo.

Por outro lado, se você for esse tipo de pessoa, tente trabalhar no seu desapego ao dinheiro para não repelir pessoas da sua vida amorosa, social, ou até mesmo profissional.

5) Desajeitado

Antissedutores Desajeitados são pessoas inibidas que aumentam a sua inibição por osmose.

Em outras palavras, eles dificilmente tomam a iniciativa ousada para te seduzir.

O que faz com que eles dificilmente alcancem o estágio final da sedução, e caso cheguem, irão perder a oportunidade da mesma maneira graças a sua inibição.

Por fim, esse tipo só se preocupa consigo mesmo, a sua aparência, e no máximo tende a se importar apenas com o que ele pode obter seduzindo você.

6) Falastrão

Como o próprio nome sugere, Antissedutores Falastrão são pessoas que falam demais.

E o pior de tudo: falam demais apenas de si mesmas, o que é duplamente ruim para a sedução.

Esse tipo de Antissedutor não tem a voz interna que diz “Será que estou sendo chato?”.

A raiz do problema do Falastrão é o seu egoísmo profundamente enraizado.

Se você está sendo seduzido por este tipo, evite tentar interrompê-los ou discutir com eles.

Como resultado disso, você só irá alimentar a fanfarrice deles. Tente apenas se afastar naturalmente.

Caso você seja esse Antissedutor, Robert Greene recomenda que você aprenda a controlar a sua língua e ego a todo custo.

7) Reator

O Antissedutor Reator é o tipo de pessoa com o ego totalmente sensível.

A todo momento eles buscam analisar se o que você está falando ofende a vaidade deles.

Caso você tente seduzi-los por meio do retraimento, Robert Greene diz que eles amarram a cara e atacam você.

Por fim, se você quer identificar e se afastar desse tipo, teste fazer uma piada às custas dele e veja a reação da pessoa.

Todos nós devíamos rir um pouco de nós mesmos, porém o Reator vai ver essa situação como uma ofensa séria a sua pessoa, facilitando a sua identificação.

Por outro lado, se você for o Reator, Robert Greene orienta que você apague qualquer qualidade reativa da sua personalidade para evitar repelir pessoas inconscientemente da sua vida.

8) Grosseirão

Por último, o Antissedutor Grosseirão é o tipo de personalidade desatenta a detalhes importantes da sedução.

Como por exemplo:

  • A aparência deselegante em qualquer tipo de padrão de moda
  • Em ações impulsivas
  • Na indiscrição

A terceira é o que mais caracteriza-o, sendo o sinal certeiro para identificá-lo.

Por exemplo, ele não tem filtro algum para falar sobre assuntos sensíveis do seu próprio namoro com desconhecidos.

Grosseirões são assim por conta do seu egocentrismo, e também pela incapacidade de se ver pelos olhos dos outros.

Portanto, essas são as características para identificar esse tipo antissedutor na sua vida.

E caso você seja um, é só trabalhar sendo o contrário dele, preocupando-se com o:

  • Tato no modo falar
  • Estilo como se apresenta
  • Atenção aos detalhes

Conclusão sobre o Antissedutor

Vimos até aqui que o Antissedutor não é uma personalidade difícil de encontrar no dia a dia.

Pessoas inseguras, desatentas e egoístas têm milhares por aí.

Dessa forma, busque ao máximo praticar o autoconhecimento visando identificar e afastar essas características da sua vida.

E se você estiver sendo seduzido por algum desses tipos, fuja deles imediatamente.

Do contrário, a tendência é que você apenas sofra no seu relacionando com o Antissedutor, além de adquirir traumas por se relacionar com esse sedutor.

É difícil identificá-los no começo, mas com um pouco de atenção e usando as dicas do livro, é possível reconhecê-los.

Uma dica de ouro para você fugir do Antissedutor é se tornar um também.

Pegue as características antissedutoras citadas anteriormente, e aplique-as para desencantar um Antissedutor e fugir dele o quanto antes.

Como identificar qual destas personalidades é a sua

Mulher pensativa

Agora que você sabe quais são as 10 personalidades, a pergunta que você deve estar se fazendo agora é:

  • “Qual é a minha personalidade sedutora? São tantas! Eu não consigo entender com clareza qual é a minha”.

E tá tudo bem, você sairá desse artigo identificando qual é a sua personalidade sedutora.

A primeira coisa que você precisa fazer é responder as perguntas a seguir, de preferência, com o maior número de detalhes possíveis:

  1. Quais foram as pessoas que eu consegui seduzir e me dar bem [do meu círculo social]?
  2. Qual foi o passo a passo que eu fiz para seduzir a(o) “X”? [Estudar os próprios cases de sedução]
  3. Dentre as 10 personalidades, quais foram as estratégias que mais se assemelharam as minhas? [Buscar padrões de comportamento e resultado]
  4. Se eu me pareço com o(a) “X” [personalidade sedutora], todos meus cases de sedução respeitam o mesmo padrão de estratégia?

Com essas 4 perguntas, você já saberá qual é a sua personalidade sedutora. E se ainda sim você não entender qual é a sua, reflita se você na verdade não está sendo antissedutor.

Principalmente se você não tem sucesso algum ao persuadir as pessoas do seu círculo social para ter o que deseja.

Identificar se você é um antissedutor não é fácil, pois o antissedutor tem características negativas, ao mesmo tempo que a tendência do ser humano é ter uma imagem positiva sobre si mesmo.

Portanto, tente meditar e isolar ao máximo o seu ego para que você veja com clareza as suas características antissedutoras e corrigi-las conforme a necessidade.

Conclusão

Este provavelmente foi o artigo mais completo sobre as 10 personalidades sedutoras do livro “A Arte da Sedução” que você achou na internet.

Isso porque este foi o objetivo desde o começo deste artigo: tentar ser o mais completo guia sobre as personalidades sedutoras do Robert Greene.

Infelizmente, é inviável fazer um estudo de caso completo em cima de todas as personalidades neste guia, pois o artigo ficaria 10x maior do que já está.

Até porque o livro é extremamente grande e denso, podendo tornar a leitura do artigo extremamente densa e sem sentido.

Dessa forma, esperamos ter elucidado e ajudado você, estudante das obras do Robert Greene, a entender tudo o que você precisava saber em relação ao tema.

E como sempre, fica a nossa recomendação para que você procure ler o livro na íntegra, buscando a versão completa da obra, ao invés de ler a versão concisa.

Lá o autor trabalha com precisão as suas ideias, podendo citar exemplos práticos que não caberiam neste artigo.

Caso não tenha tomado a decisão de ler o livro por incerteza ou dúvida, confira a resenha da obra que fizemos aqui na Ourbooks e tome de vez a decisão de comprar ou não o livro:

0 0 votos
Avalie o artigo
Ver mais

Carlos Gomes

Estou terminando meu bacharel em administração, sou especialista em investimentos (CPA-20, Anbima) e além de tudo um leitor de livros polímata.
Se inscrever
Notificar de
guest

0 Comentários
Feedbacks embutidos
Ver todos os comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
OurZ logo sem fundo SVG

Quer ser mais inteligente que a média?

Inscreva-se para receber conteúdos sobre autodesenvolvimento, livros técnicos e muito mais no seu email e Telegram!
OurZ logo sem fundo SVG

Quer ser mais inteligente que a média?

Inscreva-se para receber conteúdos sobre autodesenvolvimento, livros técnicos e muito mais no seu email e Telegram!